Ovinos Texel
Ovinos Texel

Ovinos TEXEL - raça Texel é originária da ilha de mesmo nome, na Holanda, cruzando fêmeas nativas com carneiros das raças Lincoln, Leicester, Border Leicester, Southdown e Hampshire.
Características – Aptidão carne e lã. Ovino de tamanho médio, tendendo para grande, muito compacto, com massas musculares volumosas e arredondadas, constituição robusta, evidenciando vigor, vivacidade e uma aptidão predominantemente para corte. Atualmente é considerada uma raça de carne e lã, pois além de carcaça de ótima qualidade e peso, produz ainda apreciável quantidade de lã. Produz uma ótima carcaça, com gordura muito reduzida. Rústica, produzindo bem no regime semi-extensivo. Em condições de pastagens, entre os 30 e 90 dias de idade, os cordeiros machos têm ganhos de peso médio diário de 300g e as fêmeas de 275 g. Aos 70 dias de idade machos bem formados atingem 27 kg e as fêmeas 23 kg. Prolífera, pois atinge índices de nascimento de 160%, tendo atingido na França índices de 190 até 200%. Os carneiros atingem pesos de 110 a 120 kg e as fêmeas adultas 80 a 90 kg.

CARACTERÍSTICA

IDEAL 

PERMISSÍVEL

DESCLASSIFICANTE

1. CABEÇA

 

 

Forte, larga ao nível do crânio, completamente livre de lã, e coberta de pêlos brancos, curtos e sem brilho.

 

 

Comprimento da cabeça (da ponta do focinho à nuca) – cerca de 1,5 vezes maior que a largura, quando observada de lado. 

 

 

 

 

 

 

- Perfil

 

 

 

 

 

 

 

 

Prognatismo, retrognatismo, inhatismo. 

- Orelhas

 

 

Orelhas grandes e inseridas altas, com a concha interna voltada para frente e as extremidades levemente projetadas para frente e um pouco acima da linha de inserção, livres de lã e cobertas de pêlos brancos, curtos e sem brilho. 

Pequenas pintas nítidas de cor preta.

 

 

 

 

 

- Chifres

 

 

Mocha em ambos os sexos. 

 

 

 

Presença de chifres

 

 

- Olhos

 

 

Olhos vivos e bem afastados. 

 

 

 

 

 

 


CARACTERÍSTICA

IDEAL 

PERMISSÍVEL

DESCLASSIFICANTE

2. PESCOÇO

 

 

Curto, musculoso, arredondado, bem inserido no corpo e sem estrangulamento na sua inserção com a cabeça.

 

 

Paletas carnudas e bem afastadas, terminando em uma cernelha larga.

 

 

-

 

 

-

 

 

3. TRONCO

 

 

De estrutura maciça, não muito comprida conferindo bom porte e boa conformação corpórea. Os quartos são grandes, com boa cobertura muscular e arredondada, com entrepernas profunda e jarretes bem afastados. 

 

 

 

Constituição débil.

 

 

- Peito

 

  

  

 

 

- Linha Dorso-lombar

 

 

Larga e nivelada dorso-lombo-garupa. Cauda bem recoberta de lã, larga e comprimento que não ultrapasse o jarrete. 

 

 

 

Escoliose, cifose ou lordose.

 

 

- Tórax

 

 

Costelas bem arqueadas, bem cobertas de carne, e dando origem a um tórax amplo. 

 

 

 

 

 

 

- Ventre

 

 

 

 

  

- Ancas 

  

 

  

- Garupa 

Larga e nivelada.

  

 

 

CARACTERÍSTICA

IDEAL 

PERMISSÍVEL

DESCLASSIFICANTE

4. MEMBROS

 

 

Membros anteriores e posteriores: são fortes e de comprimento proporcional ao corpo e com ossos de bom diâmetro e bem aprumados.
 Estatura deve harmonizar-se com a robustez do corpo e evidenciar sua capacidade de suportar um grande peso.
Um destaque da raça é o posterior, que visto por trás tem o formato de “U” grande e invertido. 

 

 

-

 

 

- Aprumos defeituosos que prejudiquem a performance.

 

 

- Cascos 

Bem conformados, pretos.

 

 

 

CARACTERÍSTICA

IDEAL 

PERMISSÍVEL 

DESCLASSIFICANTE

5. ÓRGÃOS GENITAIS 

-

 

 

-

 

 

-

 

 

- Testículos

 

 

Normalmente desenvolvidos e móveis. 

 

 

 

Criptorquidia, monorquidia, hipoplasia, hiperplasia ou acentuada assimetria testicular. 

- Bolsa Escrotal

 

Pele solta  

  

  

- Vulva 

Bem desenvolvida 

  

Qualquer anomalia. 

CARACTERÍSTICA

IDEAL 

PERMISSÍVEL

DESCLASSIFICANTE

6. APARELHO MAMÁRIO 

-

 

- Úbere 

 

 

 

- Tetos 

  

CARACTERÍSTICA

IDEAL 

PERMISSÍVEL 

DESCLASSIFICANTE

7- PELAGEM

 

 

Velo de pouca extensão, deixando completamente sem lã a cabeça e os membros dos joelhos e jarretes para baixo, geralmente nem chega à altura dos joelhos e jarretes.
 Pelo cobre bem a barriga, atinge em média 5 kg de peso.

 

 

 

 

 

Velos muito grosseiros, com muitas fibras meduladas.

 

 

Manchas ou fibras pretas no velo.

 

 

- Pele 

 

 

  

  

- Mucosa

 

 

As mucosas nasais, lábios e bordos das pálpebras devem ter pigmentação escura, preferencialmente preta. 

  

Manchas pretas na região de pêlos não devem ultrapassar os 15 mm de diâmetro