|
|
|
|
|
|
   

 

 
 
 
Home | Raças | Caprinos | Caprinos Savana
  Caprinos Savana

Caprinos SAVANA - a raça surgiu em meados de 1957 na África do Sul, a partir de acasalamentos de fêmeas com pelagem mista (colorida) com reprodutores também nativos, mas, com pelagem branca e pele preta. O núcleo inicial expandiu-se para cerca de cem outros na própria África do Sul. Desde o início, a seleção foi dirigida para se obter animais de pelagem branca e pele negra, boa capacidade reprodutiva, muito resistentes aos parasitas e com conformação para produtividade em carne. O hábitat destas cabras brancas seria no campo tipo Savana, perto do rio Vaal, vivendo em condições edafo-climáticas extremamente precárias. Como resultado da seleção natural somente teriam sobrevivido os mais aptos. Por isso, se admite que o manejo sanitário da raça Savana é simples e de baixo custo. Existem, hoje, 20 criadores da raça Savannah, com livro de Registro Genealógico próprio, mesmo sob um padrão racial ainda indefinido.
Características - aptidão carne e pele. É uma raça de grande porte, os machos podem passar de 130 kg. As fêmeas pesam entre 60 kg e 70 kg. Os animais são compridos, de boa conformação de carcaça, lombo comprido e largo, com pernil bastante desenvolvido. Os aprumos são bem definidos com membros fortes, bom desenvolvimento muscular e ossos e cascos muito fortes.
PADRÃO SAVANA – Serviço de Registro Genealógico Caprino

CARACTERÍSTICA IDEAL  PERMISSÍVEL DESCLASSIFICANTE
1. CABEÇA Forte, ligeiramente curva, nariz amplo e não afinado, boca larga com lábios superiores e inferiores bem musculosos.   Nenhum defeito de boca ou de maxilares é tolerado.
- Perfil  Sub convexo a convexo.  Ligeiramente retilíneo  Côncavo 
- Orelhas Relativamente grandes e de forma oval, penduradas e caídas junto à cabeça. Deverão ser bem pigmentadas.    Orelhas pregueadas no sentido vertical, torcidas, muito curtas.
- Chifres Fortes, de comprimento médio, moderadamente separados e bem posicionados, com crescimento para trás e moderada curvatura. Nos machos os chifres são ligeiramente mais pesados e fortes do que nas cabras.    Demasiado longos ou fora de proporção.
- Olhos Vivos e circundados por pele e pálpebras pigmentadas.    Olhos azuis.
CARACTERÍSTICA IDEAL  PERMISSÍVEL  DESCLASSIFICANTE
2. PESCOÇO Bem implantado, musculoso e de comprimento moderado.  - Muito longo, muito curto ou muito delgado. 
CARACTERÍSTICA IDEAL  PERMISSÍVEL DESCLASSIFICANTE
3. TRONCO Comprido e profundo. Largo no dorso, espáduas bem desenvolvidas e com amplas e bem distribuídas massas musculares.    Má distribuição muscular.
- Peito  Amplo e com profunda e larga massa muscular.     Pouca musculatura . Estreito interferindo nos aprumos. 
- Linha Dorso-lombar Retilínea e ampla .    Lordose 
- Tórax Profundo com costados bem arqueados e musculosos, e com costelas bem separadas. Cernelha ampla, arredondada.    Cernelha com ligamentos frouxos.
- Ventre  Amplo profundo e de boa capacidade.       
- Ancas Bem separadas musculosas e arredondadas      
- Garupa  Ampla e comprida , com inclinação suave     Curta, estreita ou excessivamente inclinada. 
CARACTERÍSTICA  IDEAL  PERMISSÍVEL  DESCLASSIFICANTE
4. MEMBROS Fortes, bem posicionados e proporcionais ao corpo. . Articulações fortes e bons aprumos.   Distância do cotovelo ao casco muito longa. Quartela comprida. Insuficiente musculação. 
- Cascos  Fortes e escuros  Pequenas rajas brancas  Despigmentados 
CARACTERÍSTICA  IDEAL PERMISSÍVEL  DESCLASSIFICANTE 
5. ÓRGÃOS GENITAIS  em desen     
- Testículos  Bem desenvolvidos, simétricos.    Pequenos ou anormais 
- Bolsa Escrotal Pele solta e flexível  Pequena bipartição na extremidade distal, não superior a 5 cm. Presença de outras anormalidades que não aquelas descritas como permissíveis ,
- Vulva Bem conformada com intensa pigmentação    ,  
CARACTERÍSTICA  IDEAL  PERMISSÍVEL DESCLASSIFICANTE
6. APARELHO MAMÁRIO 
- Úbere Bem conformado, com bons ligamentos suspensórios e uma teta funcional em cada lado.  Presença de não mais que duas tetas funcionais individualizadas , em cada metade do úbere.  Presença de outras anormalidades que não aquelas descritas como permissíveis
- Tetas  De pequeno a médio tamanho , bem formadas     Tetas juntas, em forma de cacho. 
7- PELAGEM Pêlos brancos , curtos e lisos Durante os meses de inverno, os caprinos poderão desenvolver uma pequena camada suplementar de pêlos de proteção mais finos e fofos do tipo lã.  Intensa pigmentação nas extremidades das orelhas  Presença de outras anormalidades que não aquelas descritas como permissíveis
- Pele  Totalmente escura     Pele pouco pigmentada
- Mucosa  Escura 





Anuncie
NOVA VACINA ZOETIS
CURSOS
ASSOCIADO ANUNCIE GRÁTIS!
Adobe Reader
ARCO OVINOS
VÍDEOS
FACEBOOK
E-MAIL ACCOMIG/CAPRILEITE - PIB MAIL